Carregando...

Estudo mapeia produção de arroz em Santa Catarina

Estado é o segundo maior produtor nacional

Um levantamento por satélite, feito pela Epagri e pela Conab, mostrou a produção de arroz em Santa Catarina. O equipamento acompanhou todo o ciclo agrícola, com captação a cada cinco dias, permitindo a maior precisão dos dados.

O estado é o segundo maior produtor nacional, atrás do Rio Grande do Sul. Nesta safra foram 149.591 hectares de arroz irrigado, uma área 5,5 mil hectares maior em relação ao estimado anteriormente, que era 144 mil hectares. A cultura foi responsável pelo maior Valor Bruto da Produção (VBP) de R$865 milhões para o Estado. Aproximadamente 30 mil catarinenses dependem economicamente desta atividade.

A produção está distribuída em onze regiões, sendo Araranguá a que tem maior concentração da cultura, com 58,8 mil hectares ou 39% do total de área. Em seguida vem Criciúma, Tubarão e Joinville, que juntas somam a mesma área da líder da lista. Rio do Sul, Itajaí, Blumenau, Tijucas, Florianópolis, Ituporanga e Tabuleiro completam, nesta ordem, o ranking das regiões arrozeiras do Estado.

Já em área plantada, o estudo mapeou 94 municípios em todo o Estado. Destes, 37 apresentam área arrozeira superior a 1 mil hectares. Em 12, a área é superior a 4 mil hectares.Turvo lidera com 11.899 hectares, seguido de Meleiro e Forquilhinha, com 10.975 e 9.623 hectares respectivamente. O levantamento por satélite mostrou que dez municípios catarinenses concentram 50% dos cultivos de arroz do Estado, quase todos na região Sul: além dos três líderes da lista, aparecem Nova Veneza, Jacinto Machado, Araranguá, Tubarão e Praia Grande. Massaranduba e Guaramiri. No Norte aparecem apenas dois municípios entre os dez maiores: Massaranduba e Guaramirim.

Fonte: Agrolink

Rádio Cravil

INFORMATIVO CRAVIL 19 09 2020
21/09/2020 às 08:48:34
INFORMATIVO CRAVIL 12 09 2020
15/09/2020 às 09:02:53
INFORMATIVO CRAVIL 05 09 2020
08/09/2020 às 08:57:33
INFORMATIVO CRAVIL 22 08 2020
24/08/2020 às 11:55:34